27.11.14

Maybe Someday - Capitulo 18 - Joe


~

Maggie está dormindo por um par de horas agora, mas eu ainda não dormi. É geralmente assim quando estou com ela no hospital. Após cinco anos de estadas esporádicas, eu aprendi que é muito mais fácil não dormir do que obter um par de meia de horas mal dormidas.

Abro meu laptop e abro as minhas mensagens de Demi, em seguida, a envio um rápido Olá para ver se ela está online. Nós não tivemos a oportunidade de discutir o fato de que eu pedi a ela para se mudar, e eu odeio não saber se ela está bem. Eu sei que é errado mandar mensagens pra ela neste momento, mas parece ainda mais errado deixar as coisas por dizer.

Ela retorna a minha mensagem quase imediatamente, e o tom disso já alivia um pouco da minha preocupação. Eu não sei por que eu sempre espero que ela vá responder injustificadamente, porque ela nunca uma vez mostrou falta de maturidade ou consideração por minha situação.

Demi: Sim, eu estou aqui. Como está Maggie?

Eu: Ela está bem. Ela vai ter alta esta tarde.

Demi: Isso é bom. Eu estive preocupada.

Eu: Obrigado, aliás. Por sua ajuda na noite passada.

Demi: Eu não fui de muito ajuda. Eu senti como se estivesse mais no meio do caminho do que qualquer coisa.

Eu: Você não estava. Não há como dizer o que poderia ter acontecido se você não tivesse encontrado ela.

Eu espero um momento para ela responder, mas ela não o faz. Acho que chegamos ao ponto nesta conversa em que um de nós tem de trazer o que nós dois sabemos que deve ser discutido. Me sinto responsável por toda essa situação com ela, então eu engulo em seco e desembucho.

Eu: Você tem um minuto? Eu realmente tenho algumas coisas que eu gostaria de dizer para você.

Demi: Sim, e eu também.

Olho para Maggie novamente, e ela ainda está dormindo na mesma posição. Tendo esta conversa com Demi em sua presença, tão inocente como ela está, me deixa inquieto. Eu levo meu laptop e saio do quarto do hospital e vou para o corredor vazio. Me sento no chão ao lado da porta do quarto de Maggie e abro o meu laptop.

Eu: A principal coisa que eu tenho apreciado sobre o nosso tempo juntos ao longo dos últimos dois meses, é o fato de que temos sido diretos e consistente um com o outro. Com isso dito, eu não quero que você saia com a ideia errada sobre por que eu preciso que você se mude. Eu não quero que você pense que fez alguma coisa errada.


Demi: Eu não preciso de uma explicação. Eu usei demais a hospitalidade, e você tem o suficiente para se estressar sem ter que me adicionar nessa confusão. Warren encontrou um apartamento para mim esta manhã, mas não está disponível por alguns dias. Tudo bem se eu ficar aqui até lá?

Eu: Claro. Quando eu disse que precisava que você se mudasse, não literalmente significa hoje. Eu só quis dizer em breve. Antes que as coisas tornam-se muito difícil para que eu continuasse tentando me afastar.

Demi: Sinto muito, Joe. Eu não queria que nada disso acontecesse.

Eu sei que ela está se referindo à maneira que nos sentimos um pelo outro. Eu sei exatamente o que ela quis dizer, porque eu não queria que isso acontecesse, nenhum de nós. Na verdade, eu fiz tudo que pude para impedir que isso acontecesse, mas de alguma forma o meu coração nunca entendeu a mensagem. Se eu sei que não foi intencional da minha parte, eu sei que não foi intencional da parte dela, então ela não tem nada do que se desculpar.

Eu: Por que você está se desculpando? Não se desculpe. Não é culpa sua, Demi. Que inferno, eu nem tenho certeza de que é minha culpa.

Demi: Bem, geralmente quando algo dá errado, alguém é culpado.

Eu: As coisas não deram errado com a gente. Esse é o nosso problema. As coisas são muito certas entre nós. Nós fazemos sentido. Tudo sobre você parece tão certo, mas-

Faço uma pausa por alguns momentos para reunir meus pensamentos, porque eu não quero dizer nada que vá me arrepender. Eu inalo, em seguida, digito a melhor maneira de descrever o que sinto com toda a nossa situação.

Eu: Não há dúvida em minha mente que poderíamos ser perfeito na vida um do outro, Demi. São as nossas vidas que não são perfeitas para nós.

Vários minutos se passam sem uma resposta. Eu não sei se eu cruzei a linha com os meus comentários, mas no entanto, ela está reagindo a eles, eu precisava dizer o que eu tinha a dizer antes que eu pudesse deixá-la ir. Eu estou começando a fechar meu laptop quando outra mensagem aparece dela.

Demi: Se há uma coisa que eu aprendi com toda esta experiência, é que a minha capacidade de confiar não foi completamente quebrada pelo Hunter e Selena como eu pensava inicialmente. Você sempre foi aberto comigo sobre como você se sente. Nós nunca contornamos a verdade. Se serve de algo, temos trabalhado em conjunto para encontrar uma maneira de mudar o nosso curso. Quero agradecer a você por isso. Muito obrigado por me mostrar que caras como você realmente existem, e nem todo mundo é um Hunter.

Ela de alguma forma tem um jeito de me fazer parecer muito mais inocente do que eu realmente sou. Eu não sou nem um pouco tão forte quanto ela acha que eu sou.

Eu: Não me agradeça, Demi. Você não deve me agradecer, porque eu falhei miseravelmente em tentar não me apaixonar por você.

Eu engoli o caroço se formando em minha garganta e cliquei em enviar. Dizendo o que eu acabei de dizer para ela me enche com mais culpa do que na noite em que a beijei. Palavras às vezes podem ter um efeito muito maior sobre o coração do que um beijo.

Demi: Eu falhei primeiro.

Eu li sua última mensagem, e o fim do nosso iminente adeus me atinge com muita força. Eu sinto isso em cada parte de mim, e eu estou chocado com a reação que eu estou tendo por isso. Eu inclino a minha cabeça contra a parede atrás de mim e tento imaginar o meu mundo antes de Demi entrar. Era um mundo bom. Um mundo consistente. Mas então ela veio e balançou meu mundo de cabeça para baixo, como se fosse um frágil, quebrável globo de neve. Agora que ela está indo embora, parece como se a neve estivesse prestes a se acalmar, e todo o meu mundo estivesse direito, parado e consistente novamente. Por mais que isso devesse me fazer sentir à vontade, isso realmente me apavora. Eu estou morrendo de medo de que eu nunca mais vou sentir nenhuma das coisas que eu senti durante o pouco tempo que ela esteve no meu mundo.

Qualquer um que tenha feito tanto impacto merece um adequado adeus.

Eu levanto e caminho de volta para o quarto do hospital de Maggie. Ela ainda está dormindo, então eu vou até sua cama, a dou um leve beijo na testa, e a deixo uma nota explicando que eu estou indo para o apartamento para embalar algumas coisas antes que ela seja liberada.

Então eu a deixo para ir dar a outra metade do meu coração um apropriado adeus.

• • •

Eu estou do lado de fora da porta do quarto de Demi, me preparando para bater. Já dissemos tudo o que precisa ser dito e até mesmo um monte que, provavelmente, não deveria ter sido dito, mas não posso deixar de vê-la uma última vez antes de eu ir.

Ela vai ter ido embora no momento em que eu voltar de San Antônio. Eu não tenho planos de contatar ela depois de hoje, então o fato de que eu sei que isso é definitivamente um adeus está pressionando as paredes do meu peito, e porra dói como o inferno.

Se eu estivesse olhando para a minha situação, do ponto de vista de um estranho, eu estaria dizendo a mim mesmo para esquecer os sentimentos por Demi, que a minha lealdade deve ficar apenas com Maggie. Eu estaria me dizendo para ir embora e que Demi não merece um adeus, mesmo depois de tudo que passamos.

A vida é realmente preto e branco, contudo? Pode um simples certo ou errado definir a minha situação? Fazer os sentimentos de Demi não contarem em algum lugar nesta confusão, apesar da minha lealdade a Maggie? Não parece certo apenas deixá-la ir. Mas é injusto com Maggie não apenas deixá-la ir.

Eu não sei como eu me meti nessa confusão, para começar, mas eu sei que a única maneira de acabar com ela é romper todo contato com Demi. Eu sabia no momento em que segurei sua mão ontem à noite que não havia um defeito no mundo que poderia ter parado o meu coração de sentir o que estava sentindo.

Não me orgulho do fato de que Maggie não faz parte de todo o meu coração mais. Eu lutei contra isso. Lutei muito, porque eu não queria que isso acontecesse. Agora que a luta está finalmente chegando ao fim, eu nem mesmo tenho certeza se estou ganhando ou perdendo. Eu nem tenho certeza para que lado eu estou torcendo, muito menos em que lado eu estou.

Eu bato levemente na porta de Demi, em seguida, coloco as palmas das mãos encostadas no batente da porta e olho para baixo, metade de mim esperando que ela se recuse a abri-la e metade de mim me restringindo de quebrar a maldita porta para chegar até ela.

Em poucos segundos, estamos cara-a-cara pelo o que eu sei que é a última vez. Seus olhos azuis estão arregalados com medo e surpresa e talvez até mesmo uma pequena quantidade de alívio quando ela me vê de pé em frente a ela.

Ela não sabe como se sentir em me ver aqui, mas a confusão é reconfortante. É bom saber que não estou sozinho nessa, que nós dois estamos compartilhando a mesma mistura de emoções. Estamos nisso juntos.

Demi e eu.

Somos apenas duas almas completamente confusas, assustadas por um muito indesejado, mas crucial adeus.

~

Último capítulo desse tempinho q fiquei postando um atrás do outro! Agora vou dormir pq estou mortinha de cansaço zzzzzzzz Comentem para o próximo, agr são só emoções! Beijos, amo vcs ♥
Bruna

7 comentários:

  1. Ai gente, que coisa, eu fico muito curiosa. Você podia fazer outra maratona qualquer dia desses, o que acha? Isso ta muito incrivel!

    ResponderExcluir
  2. Posta outro hoje pf, mds nao sei como vou ficar sem um capitulo!

    ResponderExcluir
  3. Posta outroooo da desesperooo kkk essa fanfic é perfeita

    ResponderExcluir
  4. Ah meu Deus, não!!!!! Não pode ser um adeus!!!!
    Como a vai ser agora?? Como a Demi vai ficar???? E o Joe???
    POSTA LOGO!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Pelo amor de Deus..... continua..... eles vão se afastar? Ele vai conseguir continuar sendo o mesmo com a Maggie mesmo estando longe da Demi? Nunca tive um coração tão dividido em uma história como nessa. Estou com o coração doendo pelos três.... continua logo flor pfvrr...

    ResponderExcluir
  6. Chorando aqui, acabei de colocar a leitura em dia. Que história mais linda. Posta hoje igual a ontem por favor.
    Carla

    ResponderExcluir
  7. Aaah
    postaa maiis
    Poor favoor
    beijooo

    ResponderExcluir